17 de junho de 2008

Cara Judea Alhadeff

[ Cara Judea Alhadeff]

Faz um certo tempo que conheci o trabalho de Cara Judea. Gosto muito das séries em que ela distorce o corpo, brinca de um estranhamento e de repente a gente acha uma orelha, ou uma boca junto à sementes, tecidos, desfoques.
Trabalha o nu muito bem em planos mais abertos, corpos que conversam muito com o ambiente, com a arquitetura e tão ali misturadso, escondidos. Judea também usa muito os desfoques, o que me traz em alguns casos uma sensação onírica. Sempre com gente pelada, valendo até a avó dela!! Recomendo a série Nana e Saudade.
Lindo.

Um comentário:

Júnior Dish / de Paiva disse...

Uhnnn perfeito teu release.
gostei das palavras que são coesas, curtas e sinceras...
boas mesmo!
já viu meu trabalho moça?
adorei teu blog!
aonde encontrou o meu?
beijos e tenha um bom dia!