25 de janeiro de 2010

Que sensação estranha de casca.

Ontem assisti ao tariler do novo filme do Abranches chamado Do Começo ao Fim. De principio aplaudi a ousadia de um roteiro que trabalha com um dos maiores tabus, o incesto, passando pelo homossexualismo, ausentando-se dos "clichês justificatórios" de abusos ou mal tratos. Mas em seguida veio uma impressão de que é muito mais estético do que dramático.Novamente aquela repetição das revistas gays, rechadissimas de músculos, pouco pelo e boquinhas gostosas. Parece que falta algo mesmo , oco, interpretações vazias. Mas posso estar sendo muito injusta e precipitada, aqui é só um desabafo mesmo de primeiras ( e ia ser tão bom se erradas) impressões. Porque ainda não vi o filme, cacei alguns outros vídeos possiveis e li poucas criticas... Volto a esse texto depois de assistir ao filme que ainda está cartaz. Mas se você já viu me conta o que achou?

Aqui ó.







4 comentários:

Noh Gomes disse...

No principio eu pensei o mesmo, pensei que seria so beleza, mas assista o filme e depois me diga o que achou, eu fiquei com o coração cheio, pensando que o amor é maior do que eu consigo imaginar.

BEIJOOOOOOOOOOOO

Noh Gomes disse...

completando...

A cenas de pura beleza e nenhuma intensidade viu, mas olhe com o olhar vazio...

é isso rsrs

Ysadora, disse...

Eu ainda não assisti o filme, mas tô comentando porque adorei teu blog!Tuas palavras são super sinceras e isso é simplesmente maravilhoso!

Beijos

Sentimental ♥ disse...

menina, eu ainda não vi o filme, mas já ouvi vários comentários, desde elogios até esculachos, inclusive de gayz amigos meus, cnofesso q fiquei com certo medo, mas não totalmente desmotivada pra ver o filme.
bjs