17 de maio de 2011

amar o poeta

é feito dança, 
porque a poesia é intensa, é densa, segue a maré dos compassos, 
no ritmo dos desejos,os soluços do boêmio, a militância do guerreiro, 
a libido do amante.Poesia pela casa, escorada nas estantes,
 perfumando a cama,escorrendo entre as pernas, 
tua história pelas rimas, nossos sonhos dentro delas.
 meu par, meu mar.


amar o poeta.

ganhei um presente hoje

http://mcpavao.blogspot.com/2011/05/sobre-musa-e-inspiracao.html

3 comentários:

Mc Pavão Mc disse...

Ok, amar também é sair do armário né. Então é isso, sou brega mesmo. Assumido e convicto! Que delícia essas linhas baby, assim eu fico com mais vontade de você! Espero pra homenagear a lua hoje! Te amo!

raiane disse...

Ai ai... a lua merece homenagem mesmo. Se jooogue! :)

Beeijos

Sentimental ♥ disse...

q lindoooo!!!