26 de fevereiro de 2009

Morango e Chocolate na minha estante!


Foi assim, um arremate, não me lembrava de ter visto antes daquele dia em que passei um bom tempo em pé devorando o quadrinho a Aurélia Aurita. É muito bom.

Cheguei em casa e postei sobre, depois revirei meia Brasília atrás do bendito e nem na primeira livraria em que o tinha visto dias anteriores eu achava.Passou o tempo, comprei os quadrinhos do namorado de Aurita mas nada foi melhor que voltar pra "casa" essa semana folheando o bonito. É bom cair-se em mimos depois de tanto querer.


Um comentário:

tatit disse...

lembrei daquele conto de Clarice em que a menina no final da história, no vai e vem do balanço, abraça forte o Monteiro Lobato novinho que a amiga que nem gosta de ler sempre dava desculpa pra não emprestar...
:)

é que é de felicidade imensa mesmo quando a gente encontra essas coisas que se escondem vezenquando, né?