18 de dezembro de 2008

O coração cheio de navios...


Depois de algumas noites em claro, entre caixas,preocupações, listas de coisas das quais eu não sobreviveria sem ( alguns livros, fotografias, dvds, cds e mimos tantos...) minha felicidade é larga. Despedidas, paredes vazias, mudas gavetas, acho que a sensação de ir embora é mesmo tão gostosa. Dos frios na barriga, saudades já declaradas, a trilha sonora do meu momento ( sim...antes mesmo de Capitu, já me acarinha Beirut), novas pessoas em minha vida, projetos, e nossa casa. Me sinto exausta do ano pesado que foi, mas ao mesmo tempo completamente aberta ao que chega. Acho que é isso, abracei o novo, e contrariando o clássico capricorniano, não sei nada sobre amanhã e quer saber? Adoro esse estar. Quero mesmo os desvios, improvisos, o inesperado. É mesmo vento, é mesmo dança.




até, asé
chego em são paulo hoje
e que venha o caos e seu tres pontinhos!!!

\o/

E precisei registrar aqui meu último post do Cruzeiro.

7 comentários:

? disse...

que a cidade grande te trate tão bem quanto me tratou, ô saudade.
boa sorte.

Sentimental ♥ disse...

sucesso.
bjs

Natália Nunes disse...

vai lá tati, inaugura o que há de vir :)


beijão e sucesso.
luz!

Paulo Fehlauer disse...

Ei! Agora sim, boas vindas de verdade. Quer dizer, virtuais de verdade. Quer dizer... vê se liga o telefone! ;)

beijo!

Patrícia Del Rey disse...

Que delicia de coragem e reticências! Espero que o vento
te apresente os melhores angulos...
=]

um beijo

Grã disse...

Que minha terra te receba bem.
Você verá que meu povo, que parece tão ocupado, tem um coração de ouro!
Aqui você tem duas opções ou ser ninguém ou ser todo mundo... as duas são a mesmíssima coisa, é você no meio de um mar de gente, muda só sua perspectiva... vem, junte-se a nós!

Vai ser bom ter seu olhar por aqui!

Grã

Fuckin'Jay disse...

sucesso tati,
faz desse coração um porto seguro pra tantos navios. Assim eles podem sempre voltar quando apertar a saudade!